BRAINSPOTTING

Angela Carero

Angela Carero

CRP 06/34037-4
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

BRAINSPOTTING – BSP

O que é Brainspotting? BSP

Brainspotting é um método de tratamento focalizado, forte e poderoso que funciona ao identificar, processar e liberar as fontes neuropsicológicas de dor física/emocional, trauma, dissociação e uma variedade de outros sintomas desafiadores. Pode também ser entendido como uma forma simultânea de diagnóstico e tratamento. Apesar de os efeitos terapêuticos serem intensificados com o som bilateralizado, o Brainspotting oferece sensação de contenção e controle ao paciente.

Brainspotting funciona como uma ferramenta neurobiológica de apoio na relação terapêutica. Não existe um substituto para a presença terapêutica, acolhedora e madura, com a capacidade de incentivar o paciente que sofre a investir numa relação segura de confiança em que se sinta escutado, aceito e entendido. O Brainspotting nos oferece uma ferramenta auxiliar dentro dessa relação clínica para que se possa localizar, enfocar, processar e liberar experiências e sintomas que normalmente estão fora do alcance da mente consciente do paciente, de sua capacidade cognitiva e linguística.

Este método atua em áreas profundas e primitivas do cérebro, permitindo acesso direto aos sistemas autônomos e límbicos do sistema nervoso central. Essa focalização ativa reações adaptativas de equilíbrio e sobrevivência do paciente em relação aos temas trabalhados. Trata-se de um instrumento/tratamento com consequências positivas e ecológicas em nível psicológico, emocional e físico.

O indivíduo pode ou não ter lembranças associadas ao trauma e desconforto emocional durante o processamento, algumas vezes a cura acontece num nível tão profundo que quando o sintoma físico desaparece as questões emocionais desaparecem concomitantemente.

BSP difere do EMDR na questão cognitiva, auto interpretativa. Assim, o indivíduo não precisa, necessariamente, invocar pensamentos perturbadores. Está mais focado no corpo, na área de desconforto, por isto é mais indicada a doenças psicossomáticas.

O BSP e o EMDR podem ser usados numa mesma sessão, dependendo do momento do indivíduo.

Exemplos de Indicação:

O Brainspotting é um instrumento neurobiológico que oferece a possibilidade de acessar, diagnosticar e tratar uma variedade de condições somáticas e/ou transtornos de base emocionais relacionados à: trauma físico e emocional, trauma decorrente de acidente, trauma resultante de intervenção e tratamento médico, doenças físicas relacionadas com estresse e trauma, problemas de desempenho, inclusive disfunção sexual, fibromialgia e outras condições de dor crônica, dependência química e adições, problemas de percepção, TDA e TDAH, gagueira, Síndrome da Fadiga Crônica, fobias, asma, preparação e recuperação de intervenções cirúrgicas, trauma de guerra e catástrofe natural, pânico e ansiedade, manejo de doenças graves, luto, entre outras.